Notícias

Compartilhamento e agilidade governam as ações da CGU

Publicado em 03/02/2020


Autor: Gabriela Villen | Fotos: Antonio Scarpinetti | Vídeo: Proec - DCom

Foi lançado nesta terça-feira (04/02/2020) o novo Portal da Coordenadoria Geral da Unicamp (CGU). Realizado em parceria com a Pró-reitoria de Extensão e Cultura (Proec), o novo site inverte a lógica do anterior, trazendo os produtos e atividades promovidas pela CGU para o foco principal. “Não importa quem é o professor que está nesse momento nesse cargo. O que importa são os produtos que a CGU entrega para a Unicamp e para a sociedade”, afirmou Teresa Atvars, coordenadora geral da Unicamp.

De acordo com a professora, o trabalho foi um exemplo bem-sucedido do conceito de de “compartilhamento de equipe”, que está sendo implantado pela CGU e tem como meta evitar a duplicação de equipes e processos de trabalho. “Cada órgão tem equipes com certas qualificações. Ao invés de replicar equipes em outros órgãos, buscamos aproveitar as potencialidades existentes. É uma nova forma de colaboração entre órgãos, num conceito mais moderno de gestão”, explicou. O novo portal foi desenvolvido pela Diretoria de Tecnologias de Informação e Comunicação (DTIC), em parceria com Diretoria de Comunicação (DCom), da Proec.

Para a coordenadora, o site já é um produto desta visão. “É um exemplo de que é possível fazer de modo qualificado, com técnicos especializados, com gente que conhece o assunto. É uma novidade que está dando certo, que motiva as pessoas e valoriza suas competências”, enfatizou.

Nas unidades de ensino e pesquisa, essa política se traduz, por exemplo, no compartilhando oficinas e processos de aquisição. “Na Química, comprávamos nitrogênio líquido, um material importante nos laboratórios. A Física também comprava. E a Biologia, também. Cada um com um preço. Agora, estamos comprando tudo no Instituto de Química e ele cede as quantidades que cada um precisa”, explicou. 

Teresa destacou, ainda, o processo de informatização da Universidade, cuja meta é ter uma Unicamp inteiramente digital. Entre as ações nesse sentido, a CGU instituiu o Portal Transparência Unicamp, que torna públicas e acessíveis informações referentes à vida administrativa e acadêmica da Universidade. “O portal tem uma quantidade de informações inédita na história na Unicamp”, apontou. 

Outros exemplos de processos completamente informatizados são os convênios e o Programa de Estágio Docente da Unicamp. “Aumentou a rapidez e a confiabilidade. As informações estão em bancos de dados e podem ser rastreadas durante todo processo”, relatou Atvars.

Também sistemas como o Solicita, lançado em setembro de 2019, simplificaram os processos administrativos de solicitação de vagas de funcionários pelas unidades e órgãos da Universidade. “É um produto muito simples do ponto de vista do usuário, mas com muita tecnologia por trás”, explicou Atvars. Desenvolvido pela equipe de Tecnologia de Informação da CGU, o programa poderá agora ser expandido para outros processos dentro da Universidade. “Ele pode ser replicado para um monte de outras situações e, como já dominamos a tecnologia, a entrega rápida”, pontuou a coordenadora.

Confira o vídeo gravado em 23/1/2020: