Cidade Universitária,
 
O COORDENADOR ORG√OS
PROJETOS
LOCALIZA«√O EQUIPE
 
     


Coordenadoria de Centros e N√ļcleos Interdisciplinares de Pesquisa - COCEN

Criada pela Delibera√ß√£o CONSU-A-17/98, de 29.09.1998, como √≥rg√£o da Reitoria, a Coordenadoria de Centros e N√ļcleos Interdisciplinares de Pesquisa (COCEN) est√° vinculada √† Coordena√ß√£o Geral da Universidade (CGU), conforme a Resolu√ß√£o GR N¬ļ 57, de 19.08.2003. A COCEN tem por objetivo coordenar as atividades dos Centros e N√ļcleos Interdisciplinares de Pesquisa, visando √† execu√ß√£o da pol√≠tica da administra√ß√£o da universidade para o desenvolvimento desses √≥rg√£os.
Tem como miss√£o propor e coordenar a execu√ß√£o da pol√≠tica da Administra√ß√£o para o desenvolvimento dos Centros e N√ļcleos Interdisciplinares de Pesquisa da Universidade; propor diretrizes gerais, requisitos e crit√©rios para a cria√ß√£o, extin√ß√£o e remodela√ß√£o de Centros e N√ļcleos, bem como para a avalia√ß√£o trienal de suas atividades atrav√©s da Comiss√£o de Atividades Interdisciplinares - CAI/CONSU e zelar acad√™mica e administrativamente pelo cumprimento dos objetivos e regimentos dos Centros e N√ļcleos.

 

Coordenadoria de Planejamento F√≠sico Territorial da Unicamp ‚Äď CPlan

A CPlan ‚Äď Coordenadoria de Planejamento F√≠sico Territorial da Unicamp, criada atrav√©s da Resolu√ß√£o GR 11/2016 de 10 de maio de 2016, encontra-se em fase de estrutura√ß√£o e vem se inserindo gradualmente nas rotinas e fluxos dos empreendimentos do campus. Sua miss√£o principal √© a constru√ß√£o e a implementa√ß√£o de um Plano Diretor para o campus, assim como assessorar a Universidade nas decis√Ķes que causem impacto no territ√≥rio e na sua interface com o ambiente urbano. Tamb√©m √© respons√°vel pela constru√ß√£o do Sistema Territorial de Informa√ß√Ķes Geogr√°ficas (SITU), que unificar√° as bases de dados territoriais da Universidade e fornecer√° subs√≠dios para o planejamento e gest√£o do territ√≥rio.

Enquanto n√£o existe um Plano Diretor em vig√™ncia na UNICAMP que defina os instrumentos urban√≠sticos que regulamentar√£o o uso e a ocupa√ß√£o do solo do campus, a CPlan assessora a Administra√ß√£o Central e os √≥rg√£os t√©cnicos da Universidade nas tomadas de decis√£o sobre a implanta√ß√£o dos empreendimentos, com o objetivo de minimizar eventuais impactos negativos, avaliando caso a caso, de modo a assegurar que as diretrizes a serem estabelecidas no Plano Diretor e apropriadas pela comunidade universit√°ria sejam, no futuro, efetivamente realizadas. Tamb√©m realiza a prospec√ß√£o das necessidades e potencialidades dos espa√ßos f√≠sicos do campus, a partir de an√°lises de desempenho das estruturas existentes ‚Äď edifica√ß√Ķes, espa√ßos abertos, sistemas de mobilidade, dentre outros.

 

Conselho de Tecnologia da Informação e Comunicação - ConTIC

Com o intuito de melhor ordenar os assuntos relativos √† Tecnologia da Informa√ß√£o e Comunica√ß√£o na Universidade, foi criado pela Resolu√ß√£o GR n¬ļ 021/2006 de 23/03/2006 o ConTIC. Este Conselho √© vinculado √† Coordenadoria Geral da Universidade - CGU.
O ConTIC √© um √≥rg√£o deliberativo da Reitoria ao qual compete: estabelecer para a Unicamp pol√≠ticas e diretrizes na √°rea de TIC as quais se efetivar√£o por meio dos competentes instrumentos legais; aprovar planos corporativos - planos de alcance amplo e voltados primordialmente aos aspectos gerenciais e administrativos - anuais e plurianuais de atividades e de investimentos em TIC no √Ęmbito da Universidade; promover e estimular o desenvolvimento da inform√°tica internamente √† Universidade; estabelecer normas de uso e acesso aos recursos computacionais corporativos; apreciar pareceres t√©cnicos para aquisi√ß√£o e licenciamento de software e de hardware para os sistemas corporativos; estabelecer normas de seguran√ßa e conduta √©tica em TIC na Universidade; acompanhar ou solicitar o acompanhamento dos reflexos de suas decis√Ķes; analisar relat√≥rios anuais de atividades corporativas em TIC dos √≥rg√£os da Universidade; acompanhar e apoiar o funcionamento dos √≥rg√£os subordinados.
√Č composto por oito docentes, seis gestores de sistemas corporativos e um representante dos profissionais de TIC, al√©m dos seus suplentes. O Conselho se re√ļne ordinariamente uma vez ao m√™s.

 

Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC

Criada pela Resolu√ß√£o GR n¬ļ 021/2006 de 23/03/2006, a CTIC √© um √≥rg√£o executivo da Reitoria e √© respons√°vel pela implanta√ß√£o das determina√ß√Ķes do Conselho de Tecnologia da Informa√ß√£o e Comunica√ß√£o - ConTIC. √Č vinculada √† Coordenadoria Geral da Universidade - CGU.
Tem como atribui√ß√Ķes: fazer executar e supervisionar a execu√ß√£o das diretrizes gerais e das pol√≠ticas de TIC da Universidade aprovadas pelo CONTIC; responder pela implementa√ß√£o dos planos corporativos anuais e plurianuais de atividades e de investimentos em Tecnologia da Informa√ß√£o e Comunica√ß√£o, realizando sua atualiza√ß√£o peri√≥dica; disponibilizar informa√ß√Ķes institucionais de car√°ter gerencial e baseadas em computador, necess√°rias ao processo decis√≥rio e de rela√ß√Ķes p√ļblicas da Universidade; garantir a seguran√ßa de uso e a preserva√ß√£o dos dados e sistemas de informa√ß√£o institucionais; promover para as aplica√ß√Ķes administrativas e acad√™mico-cient√≠ficas o uso racional e econ√īmico dos recursos de inform√°tica da Universidade; promover a capacita√ß√£o continuada dos recursos humanos atuando em TIC na Universidade; promover a evolu√ß√£o continuada dos recursos corporativos de hardware e software em TIC da Universidade; coordenar os processos de aquisi√ß√£o, movimenta√ß√£o e aliena√ß√£o de recursos corporativos de hardware e software da Universidade; administrar programas especiais na √°rea de Tecnologia da Informa√ß√£o e Comunica√ß√£o criados pelo CONTIC.

 

Diretoria Acadêmica da Unicamp - DAC

A Universidade Estadual de Campinas foi criada pela Lei Estadual n¬ļ 7.655, de 28 de dezembro de 1962. Iniciou suas atividades em 1963, quando foi autorizado o funcionamento de sua primeira unidade, a Faculdade de Medicina (atualmente Ci√™ncias Medicas).
Neste ano, a administração foi estruturada, incluindo a reitoria, e foram contratados os funcionários e os professores, sendo realizado, em abril, o primeiro concurso vestibular para o curso de medicina.
Uma Se√ß√£o de Alunos j√° respondia pela matricula e gest√£o da vida escolar dos primeiros 50 alunos, que iniciaram o curso em 20 de maio. Em 1975, durante uma reforma administrativa, a Se√ß√£o passou a ser o Servi√ßo de Registro e Controle Acad√™micos (SERCA) por meio da Portaria GR n¬ļ 205/75, publicada no Di√°rio Oficial de 11 de novembro de 1975, vinculo-o a Coordenadoria Geral da Universidade (CGU). A partir de 1990, com o nome de Diretoria Acad√™mica (DAC), o √≥rg√£o passou a responder √† Pr√≥-Reitoria de Gradua√ß√£o (PRG) e, em 02 de outubro de 2013, volta a vincular-se a CGU.
A DAC tem como miss√£o planejar, administrar e apoiar atividades acad√™micas da Unicamp em seus diversos n√≠veis de ensino, bem como subsidiar tecnicamente as decis√Ķes institucionais, com plena observ√Ęncia dos preceitos legais.

 

Sistema de Bibliotecas da Unicamp - SBU

O Sistema de Bibliotecas da Unicamp ‚Äď SBU √© constitu√≠do por 28 bibliotecas, sendo uma Central e 27 bibliotecas setoriais, localizadas nas unidades de ensino e pesquisa, centros e n√ļcleos. Sua estrutura √© composta por um √ďrg√£o Colegiado, inst√Ęncia m√°xima, e por uma coordena√ß√£o que est√° subordinada √† Coordenadoria Geral da Unicamp. A Biblioteca Central Cesar Lattes mant√©m uma cole√ß√£o multidisciplinar, voltada principalmente aos cursos de gradua√ß√£o, enquanto que as bibliotecas setoriais disponibilizam acervos bibliogr√°ficos especializados nas disciplinas ministradas em cada unidade. O SBU conta com um acervo de mais de 1 milh√£o de obras, cerca de 50 mil t√≠tulos de peri√≥dicos, que somam dezenas de milhares de fasc√≠culos, al√©m de 400 mil t√≠tulos de e-books e 532 bases de dados, disponibilizando informa√ß√Ķes essenciais ao desenvolvimento de pesquisas de excel√™ncia no √Ęmbito da Universidade. O SBU disponibiliza, ainda, o acesso a sua biblioteca digital, com mais de 400 milh√Ķes de acesso anuais. No desenvolvimento de compet√™ncias, o SBU oferece aos seus usu√°rios o Programa de Capacita√ß√£o, onde atrav√©s de uma agenda anual, o usu√°rio pode inscrever-se nos treinamentos para conhecer os recursos informacionais dispon√≠veis nas bibliotecas, sua operabilidade e facilidades na recupera√ß√£o da informa√ß√£o e na pesquisa bibliogr√°fica. A programa√ß√£o pode ser consultada na p√°gina eletr√īnica do SBU. A Biblioteca Central disponibiliza, atrav√©s de seu Laborat√≥rio de Acessibilidade, tecnologias assistivas, que proporcionam aos usu√°rios com defici√™ncias, o acesso pleno a todo material did√°tico necess√°rio ao desenvolvimento de seus estudos e pesquisas.

Mais informa√ß√Ķes na p√°gina do SBU: www.sbu.unicamp.br

 

Sistema de Arquivos da Unicamp - SIARQ

Criado pela Delibera√ß√£o CONSU-A-08/95, de 21.07.1995, o Arquivo Central do Sistema de Arquivos da Unicamp (AC/SIARQ) t√™m como objetivos gerais: desenvolver uma pol√≠tica de aperfei√ßoamento das atividades arquiv√≠sticas, compat√≠vel com as necessidades de agiliza√ß√£o da informa√ß√£o e de efici√™ncia administrativa; promover a intera√ß√£o e a interdepend√™ncia das unidades respons√°veis pela cust√≥dia de documentos considerando a integra√ß√£o das diferentes fases da gest√£o documental; assegurar as condi√ß√Ķes de conserva√ß√£o, prote√ß√£o e acesso ao patrim√īnio documental, na defesa dos interesses da Universidade e dos direitos da comunidade acad√™mica; preservar a mem√≥ria da Universidade, protegendo seu acervo arquiv√≠stico, para servir como refer√™ncia, informa√ß√£o, prova ou fonte de pesquisa cient√≠fica.

 

Servi√ßo de Informa√ß√Ķes ao Cidad√£o da Universidade Estadual de Campinas - SIC-UNICAMP

Foi instalado pela Resolu√ß√£o GR-46/2013, de 07.08.2013, subordinado a Coordenadoria Geral da Universidade, para atender o disposto no Artigo 9¬ļ, da Lei n¬ļ 12.527/2011. Tem por finalidade divulgar as informa√ß√Ķes da universidade consideradas de interesse coletivo e atender as solicita√ß√Ķes de informa√ß√Ķes dos cidad√£os recebidas por telefone, carta, pessoalmente ou internet. √Č considerado usu√°rio do SIC-UNICAMP qualquer cidad√£o - pessoa natural ou jur√≠dica -, incluindo a comunidade interna (docentes, funcion√°rios e alunos), que tenha interesse em informa√ß√Ķes institucionais, desde que n√£o sejam sigilosa ou pessoal. Est√° localizado no pr√©dio da Central de Informa√ß√Ķes, em frente ao bal√£o principal de acesso ao campus de Campinas, localizado na Rua Roxo Moreira, n¬ļ 410 ‚Äď Campinas/SP ‚Äď CEP: 13083-590.

 

 
 

 

COORDENADORIA GERAL DA UNIVERSIDADE
Cidade Universit√°ria "Zeferino Vaz"
Prédio da Reitoria
Rua da Reitoria (em frente a Praça das Bandeiras) Caixa Postal 6194 - Barão Geraldo
CEP: 13083-872 - Campinas - SP
 
© 2012 CGU - UNICAMP | Direitos Reservados | FALE CONOSCO